Tecnologia do Blogger.

Por que Deus Tentou Matar Moisés? êxodo 4:24


24 Ora, sucedeu no caminho, numa estalagem, que o Senhor o encontrou, e quis matá-lo.

25 Então Zípora tomou uma faca de pedra, circuncidou o prepúcio de seu filho e, lançando-o aos pés de Moisés, disse: Com efeito, és para mim um esposo sanguinário.
26 O Senhor, pois, o deixou. Ela disse: Esposo sanguinário, por causa da circuncisão.



vamos algumas suposições:



O chamado de Deus na vida de Moisés foi muito importante. Mas somente “chamar” não garante o sucesso, é necessário obedecer. Alguns ainda insistem em fazer a obra de Deus sem assumir um compromisso pessoal com Ele. Essa falta desqualifica o enviado. 


Também, encontramos outras ocasiões em que Deus foi “duro” com Moisés. Mas o episódio do capítulo 4 de Êxodo é surpreendente. 


Se considerarmos o texto, verificaremos que a ênfase não é tanto em Moisés, mas em sua esposa, Zípora. Vejamos: “E aconteceu no caminho, numa estalagem, que o SENHOR o encontrou, e o quis matar. Então, Zípora tomou uma pedra aguda, e circuncidou o prepúcio de seu filho, lançou-o a seus pés e disse: Certamente me és um esposo sanguinário. E desviou-se dele. Então ela disse...” (Veja Êx 4.21-26). 




Não obstante não ter sido ainda regulamentada pela lei, que estava por vir, Moisés conhecia claramente a importância da circuncisão. Contudo, a ênfase em sua esposa Zípora indica que ela talvez não estivesse concordando com a circuncisão. O versículo 26 enfatiza a rejeição de Zípora. Ao que tudo indica, Moisés estava sendo impedido por sua esposa de obedecer a esse preceito da tradição. 


Tendo esses pontos em mente, podemos concluir que o Senhor realmente chamou e enviou Moisés, contudo, sua esposa relutava em aceitar o costume da circuncisão. Sua rejeição, talvez, fosse por considerar a circuncisão como algo desnecessário ou impraticável. Somente quando o Senhor insistiu na obediência de Moisés, colocando-o sob pressão, que sua mulher cedeu e permitiu a circuncisão. Encontramos, também, em algumas passagens das Escrituras, Deus pressionando outras pessoas para que pudessem entender determinadas situações. Tomemos cuidado, pois muitas coisas que consideramos sem importância podem ser fundamentais. 


Embora não tenhamos hoje o costume da circuncisão, conhecemos, porém, suas implicações escriturísticas. A circuncisão, entre outros fatores, servia para identificar a nação santa, escolhida para trazer ao mundo o descendente que demonstraria todas as credenciais de sua unção. Estamos falando do Messias. Além disso, a Bíblia nos admoesta a circuncidar o prepúcio do nosso coração. 





Já ouvi dizer que Moisés não acreditava na circuncisão. Não era circuncidado e não circuncidou o filho. 
Zípora, no caso, era a favor. 
Teria ficado brava com Moisés pelo fato dela ter que circuncidar o filho às pressas com a pedra afiada...





Zípora era midianita,e os mesmos praticavam a circucisão,embora na puberdade das crianças por ver Moíses não querendo ir avante no monte Sinai,talvez novamente Moíses se recusou agora não com palavras,mas com uma atitude de negar tal pacto(circucisão)para querer se livrar de ser um libertador por medo de seu passado 


 talvez Moíses tenha passado um tipo de enfermidade na estalagem,que veio com o pensamento de que Deus queria o matar e que cessou ao se cumprir o pacto através de Zípora 


  só fica um lembrete a todos que tal passagem fica impossível trazer referência biblica,todos vão partir para meras especulações. 


mas,acho que tem a ver com negação de pacto por parte de Moíses,pois veja o que ocorreu no Sinai: 


    Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar. 
    Ele, porém, disse: Ah, meu Senhor! Envia pela mão daquele a quem tu hás de enviar. 
    Então se acendeu a ira do SENHOR contra Moisés, e disse: Não é Arão, o levita, teu irmão? Eu sei que ele falará muito bem; e eis que ele também sai ao teu encontro; e, vendo-te, se alegrará em seu coração.




Depois que Yahweh pede a Moisés que volte ao Egito para libertar o seu povo da escravidão acontece um fato misterioso. Êxodo 4,24-26 diz: Aconteceu que no caminho, numa hospederia, Iahweh veio ao seu encontro, e procurava fazê-lo morrer. Séfora tomou uma pedra aguda, cortou o prepúcio do seu filho, feriu-lhe os pés, e disse: “Tu és para mim um esposo de sangue.” Então ele o deixou. Pois ela havia dito “esposo de sangue”, o que se aplica às circuncisões.


Essa narrativa não tem um contexto e o seu significado é bastante enigmático. Normalmente se pensa que o personagem a quem se refere seja Moisés, mas não é mencionado o seu nome. Alguns interpretam que Deus procurava matar a Moisés por que ele não era circunciso. Séfora teria feito a circuncisão do filho e com um gesto simbólico circuncide também a Moisés (feriu-lhe os pés). Os pés significa “sexo”, como se pode ver em Isaías 6,2.


Com certeza o texto que quer sublinhar o valor e a importância da circuncisão. O tema da circuncisão é desenvolvido em Gênesis 17. No início parece que se tratasse apenas de um rito de iniciação. Mas na Bíblia a circuncisão se torna um sinal que faz com que Deus lembre a sua aliança com o povo e ao mesmo tempo faz com que o povo recorde que ele pertence a Yahweh. Assim tanto Deus quanto o povo têm consciência das obrigações que um tem para com o outro.


======================================…
Eu fiz uma pesquisa Judaica a respeito e deixo aqui a tradução dela das fontes judaicas:


Segundo o midrash (tora oral), ela indica que Moisés iria ser castigado por Deus por ter negligenciado a circuncisão de seu filho, também porque ele tinha prometido ao seu sogro midianita Jetro que seu primeiro filho seria educado a uma vida de idolatria ou porque ele estava tão envolvido no processo de redimir sua nação quem nem se lembrou da suas obrigações religiosas. Em outras palavras, Moisés transgrediu os ensinamentos de seus antepassados.



O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos. 
Oséias 4 


Porque eu quero misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.Oséias 4. 


Os pecados de alguns homens são manifestos, precedendo o juízo e ainda antes dele; e em alguns outros manifestam-se depois.I Tim 5:24 

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

links

os melhores blogs evangélicos

2leep.com

top visitas

agregadores

About This Blog

  © Blogger template Shush by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP