Tecnologia do Blogger.

ARQUEOLOGIA DA CIDADE DE CESARÉIA DE FILIPE


Era assim chamada para distingui-la da Cesaréia, porto do mar. Banias é seu nome atual. Estava localizada ao pé do monte Hermon, onde a fonte mais oriental do rio Jordão surge como um arroio resplandecente, saindo de uma gruta na base de um grande precipício, e prosseguindo para unir-se a outras fontes do rio Jordão. Devido ao fato de estar bem irrigado, o local tem uma grande variedade de árvores, de vinhedos e arbustos floridos, e é um dos lugares mais famosos da toda a Terra Santa. Nos tempo do Antigo Testamento, a cidade tinha um altar dedicado a Baal, e mais tarde os gregos construíram um altar a Pã, o deus da natureza, é chamada de Panias (a cidade de Pá).

Cesaréia de Felipe fora construída por Herodes Felipe na cabeceira do rio Jordão. Perto desta cidade é que se destaca esta grande história, onde por sua vez Jesus encaminha os discípulos a um lugar não muito frequentado por judeus por se tratar de um antigo e"grande centro pagão" daquela epóca.
Seu nome na antiguidade se chamava "Panias" ou "Banias", por que este local era devotado ao "deus pagão" por nome "pan" (metade homem metade bode), daí o emblema na entrada de Cesaréia de Felipe.

" deus pagão da grecia pan" (metade homem metade bode)

No ano 20 d.C., Herodes, o Grande, construiu ali um templo branco de mármore, e o dedicou a César Augusto. Quando Herodes morreu, a cidade ficou nas mãos de seu filho, Herodes Filipe, que a ampliou e embelezou, e a chamou de Cesaréia de Filipe, para alcançar graça diante de seu imperador, Tibério César.


Foi a este lugar de beleza natural que Jesus levou seus discípulos para um breve descanso e onde perguntou: “E vós quem dizeis que eu sou?” Simão Pedro fez a grande confissão: “Tu és o Cristo, o filho do Deus Vivo” (Mt 16.15,16; Mc 9.18). Na época medieval os cruzados construíram ali um castelo, em uma ramificação da montanha, e o chamaram “Castelo de Subeibe”.


Atualmente vêem-se blocos de pedras das edificações, pedaços de colunas quebradas e arcos enterrados pela metade, espalhados sobre o lugar onde estava localizada a cidade. Na parte da frente do grande precipício, ao redor da gruta de onde sai o arroio, encontram-se vários nichos (cavidades onde se colocam imagens), e uma inscrição grega com os seguintes dizeres: “Pã e sua ninfas rondam por esse lugar.” Outra inscrição fala do “sacerdote do deus Pã”.

Têm sido encontrado ali muitas moedas. Uma delas apresenta o desenho da flauta de Pã; em outra, Pã se encontra apoiado em uma árvore tocando sua flauta; uma terceira apresenta a entrada da caverna, e Pã toca sua flauta no interior; em uma quarta moeda lê-se o nome da cidade: “Cesaréia-Paneio”.

Na parte alta da montanha, olhando-se para Cesaréia de Filipe, vê-se o castelo de Subeibe, rodeado de muros de três metros de espessura por 30 metros de altura, sustentado por numerosas torres redondas. O interior da antiga fortaleza é uma superfície desnivelada de uns dois hectares, onde se encontram espalhadas casas, cisternas, paredes enormes e pátios amplos. O castelo está velho e arruinado, devido ao tempo e a ação dos elementos, mas encontra-se em melhor estado do que outros muitos castelos da região.

Entrada de Cesaréia de Felipe

Talvez o maior centro pagão do Israel antigo, havia sacrifícios de bodes e os restos eram enterrados lá mesmo próximo do templo de pan, havia alí outro templo em homenagem a "deusa da vingança" (nemefis), e também um templo em homenagem ao "deus zeus" 

Enorme gruta onde eram oferecidos sacrifícios de bodes

É importante saber que, muitos judeus acreditavam que as portas do inferno se encontravam em Cesaréia de Felipe, pois, existe alí até hoje próximo do local onde ficava o templo de pan e suas ninfas uma enorme gruta que naquela época era considerada a "entrada do mundo das trevas" por isso essa área não era frequentada pelos judeus. Pan por sua vez era o guardião dessa entrada.

Este local não aparece na história do Velho Testamento, mas é identificado como Baal-Gad e provavelmente como Laish (Tel Dan) como é indicado. Este local era certamente uma grande local de culto a vários deuses, mas o local foi preparado originalmente para a adoração ao deus Pan, principalmente a caverna que alimentava com suas águas o Rio Jordão.


Jesus se revela dentro desse local com Cristo o Messias através da confissão de Pedro essa confissão foi como o próprio Cristo disse revelado pelo próprio Deus que, dentro desse enorme centro pagão exaltou seu Filho para que o mundo pudesse perceber que só existe uma forma de salvação, se achegando ao filho de Deus e nos alicerçando na verdadeira Rocha que é o Filho de Deus Jesus Cristo nosso Senhor.

Nascente do Banias, em Cesaréia de Felipe

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

links

os melhores blogs evangélicos

2leep.com

top visitas

agregadores

About This Blog

  © Blogger template Shush by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP